Jundiaí, SP – O Tempo Parou e o Abandono Chegou

Minha grande vontade de voltar a Jundiaí está dividida em duas coisas: 1° fotografar os galpões do Museu da Companhia Paulista de Estrada de Ferro e 2° ter a oportunidade de tomar o vinho delicioso de novo e comer o queijo que havíamos comprado. Gostei de ter ido pra Jundiaí e há muita oportunidade de fazer ótimas fotografias e sinto que uma só ida não seria o suficiente para fotografar tudo, mas essa é a intenção, ir várias vezes e notar as mudanças presentes. Também fiquei com vontade de desbravar uma Fábrica Abandonada de Cimento que fica no meio do percurso do Expresso Turístico. Outra lugar que preciso tentar ir neste ano é a área Abandona da Vasp no Aeroporto de Congonhas, já havia visto fotografias num blog  e depois passou na TV e disseram que pretendem desativar até o final deste ano, entrar lá não será uma tarefa fácil.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Canon 28-135 f/3.5
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 33mm
  • ISO: 800
  • Exposição: 1/160
  • Abertura: f/5
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, Dfine, Silver Efex Pro

 

Anúncios

Uma resposta to “Jundiaí, SP – O Tempo Parou e o Abandono Chegou”

  1. Tiago Silva Says:

    Cara eu sempre vou na Fábrica de cimento em Perus, é super de boa lá é só conversar com o Claudomiro que cuida da segurança do local mas ele é de boa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: