Arquivo para maio, 2012

Tenri, Nara – Isonokami Jingū (HDR)

Posted in HDR, Japão, Natureza, Santuário, Shots, Tenri, Tokina 124, Xintoísmo with tags , , , , , , , , , , on 31/05/2012 by tomazsp

Se eu não me engano este foi o primeiro Santuário Xintoísta que eu pisei na minha vida, já havia ido em três Templos Budista no Brasil.  O Santuário Isonokami (石上神宮) foi construído no início das montanhas, logo que você se aproxima dele, já se vê rodeado de uma floresta densa. O mais interessante é que o Santuário está localizado no Yama no be no michi (山の辺の道), uma das rotas mais antigas do Japão. Pretendo fazer a rota de Tenri para Sakurai e também para Nara em breve, agora que o tempo está ficando mais quente. A beleza das construções é sem igual, algo tão antigo e preservado como se tivesse sido inaugurado ontem. E para quem estiver visitando este lugar, se divertirá com os diversos galos e galinhas que há, cantando, subindo em cima das arvores e dormindo. Um belo lugar para passar um bom momento.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Tokina AT-X 12-24 f/4 PRO DX II
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 12mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 7 exposições (+3 a -3)
  • Abertura: F/9
  • Equipamento: Tripé
  • Auxílio: Magic Lantern
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro, Color Efex Pro

Anúncios

Doze Meses, Doze Fotografias!

Posted in 2 Anos de Clicking The Moment, Agradecimento, Animal, Arquitetura, Assis, Aventura, Binacional, Brasil, Canela, Catedral, Fazenda Ipanema, Foz do Iguaçu, Fronteira, HDR, Igreja, Iperó, Japão, Londrina, Paraguai, Parque Estadual do Caracol, Santiago, São Paulo, Shots, Tenri, Torre, Xintoísmo with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 30/05/2012 by tomazsp

Esse mês faz dois anos que o Clicking The Moment está em atividade e tem crescido a cada mês que passa e são grandes números de movimentação para mim! Uma coisa engraçada é que só reparei agora, um ano depois, que no mesmo post, mas do ano passado, o título dizia Doze Meses, “Doze Fotografias!” e eu notei que coloquei 13 fotografias! É, matemática nunca foi o meu forte! Mas esse ano vou fazer tudo certo, então aproveitem a seleção das fotografias que mais gostei deste último ano.

Maio de 2011

Pronto para Cravar a Lança da Justiça (HDR)

Essa fotografia foi quando fui ao Chile com a minha família, uma viagem muito boa e um país muito interessante, gostaria de retornar lá um dia, há muito o que fotografar neste país.  Essa escultura sem sombra de dúvidas é a mais bonita da Catedral de Santiago, lugar que é belíssimo e muito bem construído.

Junho de 2011

A Lenda dos Guardiões

Um dos meus pássaros favoritos é a Coruja, são sérias e cômicas ao mesmo tempo. Foi uma tarefa um pouco difícil se aproximar dessa, pois precisava dar passos curtíssimos sem fazer barulho. Felizmente consegui fotografá-la antes que eu pisasse errado e espantado ela para longe. Infelizmente não sei se verei mais elas com o crescente de números de habitações que está dominando a área dessas Corujas.

 Julho de 2011

Tranqueiras (HDR)

Essa é uma decoração de um dos meus poucos favoritos restaurantes que ficam próximo a São Paulo (capital). A mistura de algumas velharia fez com que o lugar ficasse mais bonito. Hum, como amo comida, se fosse para viajar e descobrir restaurantes escondidos em alguma esquina, eu aceitaria sem pestanejar.

Agosto de 2011

Olhar Fixo

O carro que esteve presente em minha vida em boa parte da minha infância. Viajei muito nele, já estava dentro dele quando bateram (nada grave) e também dirigi muito e era uma satisfação enorme para mim! Acredito que este carro esteve na vida de muitas pessoas, um ícone mundial.

Setembro de 2011

O Forno Intocável (HDR)

Achei a Fazenda Ipanema por acaso na internet, fiquei muito interessado em conhecer e me espantei que o local foi palco de alguns pontos históricos do Brasil que pouca gente conhece. E o engraçado foi saber que construíram esse forno e nunca foi utilizado, do que adiantou montar uma engenhoca dessa se não tinha algumas peças essenciais! Pelo menos é uma construção muito bela e com uma aparência intacta por quase 140 anos.

Outubro de 2011

A Falsa Impressão de Velocidade

Um dos lugares que eu gosto de viajar é para Foz do Iguaçu, não só por causa da facilidade de comprar produtos a baixo custo, e foi lá que adquiri a minha Canon .50D . Das primeiras vezes que eu fui até Foz, não conseguimos ir até a Usina Hidrelétrica, mas desta última foi possível e foi muito bom o passeio, todos eles. O mais divertido foi ver uma das turbinas em pleno funcionamento e poder chegar tão. Foz tem muitas opção além das compras, um lugar que vale muito a pena ir e se aventurar.

Novembro de 2011

Grandes Olhos Preto e Amarelo

Mais uma vez aparece Corujas, já disse que é um dos pássaros favoritos né! Era a primeira vez que eu estava fazendo uma apresentação acadêmica fora da minha faculdade e entre um intervalo e outro tive a oportunidade de fotografar esse amiguinho. Havia uma pequena porção numa área da UEL e pude fotografá-las bem de perto, claro que fiquei muito receoso por me aproximar muito e pensar que elas poderiam me atacar a qualquer momento. Olhos lindos não?!

Dezembro de 2011

Provavelmente um Cenário de Jogo

A única fotografia postada no mês de dezembro, sim, uma vergonha! Estava em Assis neste mês e não tinha muito o que fotografar, acho que estava sem criatividade naquele mês. Espero que isso não se repita mais, foi duro não ter tido um pingo de criatividade. Desta fotografia, meu irmão disse que as fotografias que fiz dentro da Usina de Itaipú pareciam cenários de jogos, acho que alguém estava querendo jogar muito video game!

Janeiro de 2012

Catedral de Pedra (HDR)

Uma grande viagem no começo deste ano que fiz com meus queridos pais, grande em ter lembranças guardadas, como a distância foi longa. Nesse dia acordei bem cedo e fui sozinho até Canela para fotografar a Catedral antes que houvesse uma alma circulando pelos arredores. Já que eu gosto de fotografar sem que haja ninguém nos assuntos que quero retratar, tenho que fazer as minhas esquisitices, como acordar antes que um filete de luz apareça.

Fevereiro de 2012

Queda, Queda, Queda (HDR)

E eu achava que nunca conseguiria achar esse lugar, já havia visto na TV ou talvez em alguma revista, mas nunca cheguei a saber o nome e onde ficava. Por sorte a sorte estava do meu lado e foi incrível ver esta queda d’água tão de perto. O problema foi o caminho, aproximadamente 1400 degraus no caminho de ida e volta. Haja perna, mas quem ver se sentir próximo da natureza tem que fazer um esforço de vez em quando, não custa nada.

Março de 2012

Bem Vindo ao Japão (HDR)

O primeiro lugar que fotografei para o Blog, com menos de uma semana de Japão, dei uma breve aventurada por Tenri e quis clicar essa rua, que são típicas no Japão e saibam que esta é um tanto larga, pois há muito mais estreitas. Nesse final de mês começou a realização de um dos meus sonhos da minha vida, aproveitarei ao máximo tudo isso.

Abril de 2012

Hora do Cochilo

Estava fotografando um Santuário que fica na região de Tenri e lá há muitos galos e galinhas e num estante olho para o lado e vejo esses quatro galos em cima da árvore cantando, mas quando eu posicionei a câmera para fotografá-los eles já estavam dormindo. Sorte que consegui enquadrar todos eles, da próxima vez tentarei fotografá-los todos virado para mim e fazendo aquela algazarra.

Aqui acaba a seleção de 12 fotografias de mais uma ano de Clicking The Moment, perá ai, deixa eu confirmar se há 12 fotografias mesmo. Sim, este ano está certo e o mais engraçado que ninguém notou isso no ano passado. Espero que tenham gostado e quem quiser, no próximo ano pode opinar em qual fotografia gostaria de ver em cada mês no próximo aniversário

Muitíssimo Obrigado por todas as visitas e comentários, espero sempre oferecer fotografias que agradem todos.

Tenri, Nara – Prédio Um (HDR)

Posted in Escadas, HDR, Japão, Shots, Tenri, Tokina 124, Universidade de Tenri with tags , , , , , , , on 25/05/2012 by tomazsp

Para estrear a minha nova Tokina 124, nada melhor que postar a primeira fotografia da Universidade que estou estudando e para completar essa coisa de primeiro, esse hall que fotografei é do Prédio Um. A Universidade foi fundada em 21 de Fevereiro de 1949, mas já era uma instituição desde 1925. Inicialmente era Faculdade de Letras e ao passar dos anos foi crescendo as opções de cursos oferecidas. Neste prédio tenho somente duas aulas por semana e é o prédio mais frio entre todos, imagina esse lugar no inverno. E daqui já saiu bastante atletas olímpicos, pois o esporte é levado muito a sério, religiosamente.

Sobre a Tokina 124, ela é absurda, um grande ângulo de cobertura que poderei explorar de agora em diante. Agora sim terei mais facilidade de fotografar alguns lugares que eram difíceis por falta de espaço e distância focal. Mais para frente vou comentando sobre esta lente que sera a minha principal de agora em diante e quem estiver interessado mas ainda em duvida se compra uma dessa, pode mandar perguntas sobre ela que eu respondo assim que possível.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Tokina AT-X 12-24 f/4 PRO DX II
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 12mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 7 exposições (+3 a -3)
  • Abertura: F/9
  • Equipamento: Tripé
  • Auxílio: Magic Lantern
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro, Color Efex Pro, Dfine

Tenri, Nara – Touge ( HDR)

Posted in Automobilismo, HDR, Japão, Shots, Tenri with tags , , , , , , on 21/05/2012 by tomazsp

Para quem aficionado por carros japoneses como eu e que conheça a modalidade Drift deve saber que essas estradas são chamadas de Touge (峠)  e que são famosas por curvas com essas características de cotovelo. Ai é um dos percursos que eu pratico corrida de rua, posso dizer que é o meu lugar favorito, pois essa paisagem de montanha me revigora constantemente. Correndo por ai, já vi alguns dos meus favoritos: Lancer Evo X, Skyline GT-R34, Impreza WRX, Silvia S15, Eunos MX 5 e também tive o prazer de ver um Civic Hatch subindo forte.

Provavelmente esta foi a última foto que eu fiz com a lente Canon 28-135 f/3.5, até então principal na minha .50D, pois a partir da próxima fotografia haverá novidades na lente. Então se preparem que espero que a partir de agora possa explorar melhor certas situações e enquadramento.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Canon 28-135 f/3.5
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 28mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 9 exposições (+4 a -4)
  • Abertura: F/10
  • Equipamento: Tripé
  • Auxílio: Magic Lantern
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro, Color Efex Pro

Tenri, Nara – Imponência Sem Potência (HDR)

Posted in HDR, Shots, Tenri with tags , , , , on 08/05/2012 by tomazsp

A Barragem é o meu lugar favorito de Tenri, quando eu voltei a correr e aqui no Japão foi a primeira vez, escolhi ir para o caminho que ia até ai. São 5km de subida sem parar e quando mais se aproxima do topo mais ingrime vai ficando. Eu gostei muito deste trajeto e eu sempre gostei de subida, logo o meu lugar favorito para correr! A paisagem é realmente mágica e revigorante, quando começa a montanha as casas vão sendo substituídas por uma floresta densa e o ar muito puro. Desde a primeira vez queria tirar uma fotografia da Barragem, mas não estava tendo tempo para ir até lá caminhando. Enfim, consegui e fui até a parte de cima que era a parte que eu ainda não havia chegado. Mais para frente pretendo voltar lá para fotografar mais e quem sabe ir mais além. Sobre essa vazão de água em baixo, é porque as comportas só são abertas quando o nível do reservatório está muito cheio e ao chegar lá em cima vi que o nível estava muito baixo, agora também não é época de chuvas. 

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Canon 28-135 f/3.5
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 28mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 9 exposições (+4 a -4)
  • Abertura: F/9
  • Equipamento: Tripé
  • Auxílio: Magic Lantern
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro, Color Efex Pro

Tenri, Nara – Grandes História já se Passaram por Aqui

Posted in Japão, Natureza, Santuário, Shots, Tenri, Xintoísmo with tags , , , , , , on 03/05/2012 by tomazsp

Uma das coisas que eu mais gosto daqui do Japão é a manutenção de anos e anos de tradição, claro que nem tudo é do jeito que já foi, mas a perda que ocorre durante os anos, acredito eu, é menor do que em outros países que eu conheço, pelo menos  os mais conhecido.  É incrível ver templos e santuários em um estado de tamanha preservação que  parece até que o tempo não andou nem um pouco desde a sua construção. E como o título da fotografia já diz, o tanto de história que aconteceu nesses lugares é talvez incontável.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Canon 28-135 f/3.5
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 28mm
  • ISO: 100
  • Exposição: 1/10
  • Abertura: f/9
  • Equipamento: Tripé
  • Pós-Produção: Photoshop CS4