Tenri, Nara – Muito Antes dos Nossos Avós (HDR)

Posted in HDR, Japão, Montanha, Natureza, Shots, Tenri, Tokina 124 with tags , , , , , , , , , , on 21/09/2012 by tomazsp

Depois de quase seis meses no Japão, enfim fiz uma caminhada pelo que dizem ser o caminho mais antigo do Japão, o Yama no Be no Michi (山の辺の道). Na estação de trem da minha cidade há a distribuição gratuita do mapa do percurso, demorei um bom tempo até conseguir me localizar nele e neste mês fiz o caminho acompanhado por alguns brasileiros, francês e russas. Foi uma caminhada muito interessante, onde boa parte era no meio da floresta densa e a metade do caminho era só subida, mas nada que cansasse muito. Esta fotografia mostra um pouco da subida que fizemos que dava acesso ao pico de uma montanha chamada de Okunimiyama (大国見山) de 500 metros de altitude com direito a vista da cidade de Tenri inteira. É interessante ver e estar dentro da floresta e notar as diferenças dessas com a que temos no Brasil. E eu achava que estando dentro da floresta seria só mata densa e o verde estaria impregnado em todas as partes, mas estava enganado. Logo mais minhas aulas irão recomeçar, mas espero ter um tempo de sobra para fazer mais caminhadas como esta.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Tokina AT-X 12-24 f/4 PRO DX II
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 12mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 7 exposições (+3 a -3)
  • Abertura: F/9
  • Equipamento: Tripé
  • Auxílio: Magic Lantern
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro, Color Efex Pro

Anúncios

Nara, Nara – Desfrutando de uma Noite Romântica

Posted in Japão, Nara, Noturna, Shots, Tokina 124 with tags , , , , , on 18/08/2012 by tomazsp

Já havia ido neste deck em uma outra oportunidade, daquela vez foi durante o dia e não fotografei pois havia algumas pessoas descansando lá. Já neste dia em especial, estava havendo um festival que acendiam velas em volta deste lago e pelo deck. E também podia andar naqueles barquinhos, se tornando um passeio bem romântico. Vendo este lugar duas vezes, em momentos distintos se nota uma diferença grande na beleza do lugar, que já é muito bonito de dia, ficou espetacular durante a noite. Gostaria de ter feito uma exposição mais prolongada para capturar as luzes dos barquinhos também, mas estava tão movimentado a pequena ponte que talvez a fotografia poderia ficar tremida.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Tokina AT-X 12-24 f/4 PRO DX II
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 18mm
  • ISO: 100
  • Exposição: 1/13s
  • Abertura: f/8
  • Equipamento: Tripé
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, Color Efex Pro

Tenri, Nara – Eles Sabem Farrear (HDR)

Posted in HDR, Japão, Santuário, Shots, Tenri, Tokina 124, Xintoísmo with tags , , , , , , , , , on 29/07/2012 by tomazsp

Na primeira vez que vi esses barris, achava que tinha arroz dentro para estoque do Santuário Isonokami (石上神宮). Mas prestando atenção e tentando ler os Kanji que haviam inscritos notei que todos eram Sake. Toquei em alguns e senti que eles estavam vazios e até agora não sei o real significado, se é para os sacerdotes beberem normalmente, oferenda ou alguma ocasião especial. Indo em outros Santuários também já vi os barris empilhados, em alguns havia até o triplo dessa quantidade. Participando do Gion Matsuri (祇園祭),  vi muitos barris juntos dos carros alegóricos e era engraçado ver os turistas e até mesmo os japoneses parando para fotografar junto de todo aquele álcool.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Tokina AT-X 12-24 f/4 PRO DX II
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 12mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 7 exposições (+3 a -3)
  • Abertura: F/9
  • Equipamento: Tripé
  • Auxílio: Magic Lantern
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro, Color Efex Pro

 

Kōriyama, Nara – O Palácio da Mãe Natureza (HDR)

Posted in HDR, Japão, Kōriyama, Natureza, Sonho, Templo, Tokina 124 with tags , , , , , , , , on 10/07/2012 by tomazsp

Na minha primeira ida ao Templo Yatadera (矢田寺), andei de certa forma pouco por lá, uma que o tempo não estava ajudando nem um pouco e também porque havia outros planos programados para esse dia. Mas foi muito interessante saber que há esse caminho que parece que dura duas horas de subida, um belo plano para adicionar as férias! Uma coisa que me surpreendeu imensamente, foi ver esta paisagem pelo angulo da Tokina 124, ela tem vontade de colocar tudo dentro da fotografia. Não é uma Olho de Peixe e para mim, as configurações desta lente são ideais e eu não tenho o que reclamar.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Tokina AT-X 12-24 f/4 PRO DX II
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 12mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 7 exposições (+3 a -3)
  • Abertura: F/13
  • Equipamento: Tripé
  • Auxílio: Magic Lantern
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro, Color Efex Pro

Tenri, Nara – Marcas do Tempo (HDR)

Posted in HDR, Japão, Shots, Tenri, Tokina 124, Universidade de Tenri with tags , , , , , , , on 29/06/2012 by tomazsp

Sempre que vou para o treino de Kyudo (弓道 ), passo em frente deste lado do Prédio Um da Universidade de Tenri e nunca tinha pensado em fotografar exatamente este local. E quando reparei neste lugar, vi que daria uma composição legal, então peguei um dia que estava com tempo bom e fui fotografar. Na hora do Pós-Produção, quis forçar um pouco mais da textura do local, para enfatizar a marca do tempo. Comparando com a fotografia original, é gritante a diferença e o impacto que gera.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Tokina AT-X 12-24 f/4 PRO DX II
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 18mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 7 exposições (+3 a -3)
  • Abertura: F/11
  • Equipamento: Tripé
  • Auxílio: Magic Lantern
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro, Color Efex Pro

Ōsaka, Ōsaka – Uma Ligação Entre o Céu e a Terra (HDR)

Posted in Arquitetura, Castelo, HDR, História, Japão, Museu, Parque, Shots, Tokina 124, Ōsaka with tags , , , , , , , , , , , , on 18/06/2012 by tomazsp

O primeiro Castelo que vejo na minha vida, uma construção incrível de deixar queixos caídos. O lugar é magnífico, um grande parque bem arborizado, com algumas opções de entretenimento e no centro o majestoso Castelo de Ōsaka (大阪城). A área externa é composta por cinco andares, já a interna há oito andares, sendo que no último se localiza o mirante com uma vista ampla da cidade.

Em 1583 Toyotomi Hideyoshi iniciou a construção do Castelo, tendo como modelo o Castelo de Azuchi (安土城) – quartel general de Oda Nobunaga – mas a obra foi tomando outros rumos e ganhando suas particularidades. Sua finalização se deu depois de 15 anos e em 1615 Hideyoshi foi derrotado por Tokugawa Ieyasu. Cinco anos depois, o novo herdeiro Tokugawa Hidetada iniciou a reconstrução do Castelo pelo que se pode entender, é que as configurações ganhas, são as  mantidas até hoje. Em 1665 o Castelo foi parcialmente destruído por um incêndio iniciado por um raio e só reconstruído em 1843. E mais uma vez queimado em 1868 durante os conflitos civis da Restauração Meiji. Somente em 1931 foi feita outra reconstrução e foi utilizado ferro e concreto. Mas no fim da Segunda Guerra Mundial, o Castelo mais uma vez foi danificado, outra vez sendo restaurado em 1995.

Com toda a certeza, este Castelo tem milhares de histórias e de superação. O tanto que já foi destruído e reconstruído e de perder as contas. O importante é saber que tal beleza esta em pé e proporcionando aos visitantes uma rápida volta ao passado. Para concluir, dentro dele funciona um Museu contando a incrível história deste lugar.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Tokina AT-X 12-24 f/4 PRO DX II
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 12mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 7 exposições (+3 a -3)
  • Abertura: F/14
  • Equipamento: Tripé
  • Auxílio: Magic Lantern
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro, Color Efex Pro

Kōriyama, Nara – Marcas do Trabalho (HDR)

Posted in Agricultura, HDR, Japão, Kōriyama, Shots, Tokina 124 with tags , , , , , , , on 13/06/2012 by tomazsp

Se um dia você vier ao Japão e não ver esse tipo de plantação em nenhum lugar, é porque você nunca veio realmente a este país. Muitos já devem ter reconhecido do que se trata esta plantação e o que nasce dela é parte essencial da dieta dos japoneses e também dos asiáticos, o Arroz. Viajando de uma cidade a outra, ou até mesmo em cidades pequenas você verá plantações e plantações de Arroz, mas não vá achando que são gigantescos campos e sim, qualquer espaço que de para fazer o plantio. Nesta fotografia, as mudas já estavam quase todas colocadas, um casal de senhores finalizavam o preparo calmamente enquanto a movimentação ia aumentando no decorrer do tempo por causa do Templo Yatadera.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Tokina AT-X 12-24 f/4 PRO DX II
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 24mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 7 exposições (+3 a -3)
  • Abertura: F/10
  • Equipamento: Tripé
  • Auxílio: Magic Lantern
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro, Color Efex Pro