Arquivo para Museu do Ipiranga

São Paulo, SP – Nada Melhor do que um Jardim no Fundo de Casa (HDR)

Posted in HDR, Museu, Museu do Ipiranga, São Paulo, Shots with tags , , , , on 26/02/2011 by tomazsp

Quem não tem vontade de ter uma casa com um belo Jardim, bem cuidado e até mesmo inusitado com uma criatividade imensa. Imagine agora você vivendo num castelo, acho que posso nomear ele desta forma, com tudo que havia na época da construção ou na configuração de hoje. A primeira coisa que vem a cabeça é o status de podre de rico seguidamente com paciência para administrar tudo isso. Já da até vontade de desistir de tudo isso, muito trabalho a se fazer. Mas sonhar é muito bom, literalmente viajar e sorte a nossa que temos diversos meios culturais para fazer essas viagem, conhecer lugares distantes, viver mundos irreais. Uma fuga breve da realidade, que as vezes é necessária para nos sentirmos humanos. Conclusão estranha a minha, mas sinto que mesmo no plano físico é possível sentir a essência humana, o contato com uma criação, um borbulho da nossa mente. Filosofei demais.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Canon 28-135 f/3.5
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 28mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 5 exposições (+2 a -2)
  • Abertura: F/11
  • Equipamento: Tripé
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro , Color Efex Pro, Dfine

São Paulo, SP – Águia Protetora da Indepêndencia (HDR)

Posted in Agradecimento, Escadas, HDR, Museu, Museu do Ipiranga, São Paulo, Shots with tags , , , , , , , on 16/02/2011 by tomazsp

Acho que esse é um dos motivos por gostar de dias nublados, o efeito que foi gerado criando a fotografia HDR ficou na minha opinião um espetáculo. O céu está totalmente dramático, parece que saiu de algum filme épico de grandes aventuras. Uma pena que estava ventado até que muito para gerar fantasmas suficiente das bandeiras. Mas mesmo assim, acho que não estragou nem um pouco a fotografia, a atenção está em outro lugar. Gostei deste poste, com uma Águia no seu cume, bem trabalhado e uma ótima conservação. Espero que no dia que eu voltar o céu esteja muito parecido como este e sem vento.

E antes de terminar com o post, quero Agradecer a todos que visitam o Clicking The Moment pois alcançou ontem a quantia de 6 mil visitas! Esse ano está sendo muito bom e espero quando completar exatamente um ano, o número de visitas chegue a 10 mil. Então espalhem para todos os seus amigos e familiares e comentem quando possível. Obrigado!

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Canon 28-135 f/3.5
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 28mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 5 exposições (+2 a -2)
  • Abertura: F/11
  • Equipamento: Tripé
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro

 

São Paulo, SP – Tempo Lindo na Independência (HDR)

Posted in HDR, História, Museu do Ipiranga, Nuvem, Parque, São Paulo, Shots with tags , , , , on 09/02/2011 by tomazsp

Muitos acham que um tempo nublado é feio, sem graça e que não vai acontecer nada de bom vai acontecer, para mim é totalmente diferente. Eu realmente gosto de dias nublados e até prefiro esse tipo de Tempo, além de eu achar mais favorável para fotografar, os raios de luz incidentes que podem até atrapalhar são quase nulos, na minha opinião. E com esse tom de cinza a fotografia toma outra vida, surpreendente combinação de cor. Quem sabe não foi com um Tempo assim Dom Pedro proclamou a Independência, já que o real acontecimento é um tanto quanto controverso entre realidade e história, onde os fatos históricos contados é bem diferente da realidade e no quadro do momento da Proclamação da Independência também segue a mesma linha, logo aquele dia poderia estar nublado como este.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Canon 28-135 f/3.5
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 28mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 5 exposições (+2 a -2)
  • Abertura: F/16
  • Equipamento: Tripé
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, HDR Efex Pro , Color Efex Pro

 

São Paulo, SP – Museu do Ipiranga (HDR)

Posted in Agradecimento, HDR, História, Museu, Museu do Ipiranga, Parque, Preto & Branco, São Paulo, Shots with tags , , , , , on 02/02/2011 by tomazsp

Antes de começar a falar sobre a minha ida ao Museu do Ipiranga, quero dizer que estou muito feliz pelo interesse da Priscilla por uma das minhas fotografias para estampar o convite de Casamento dela. Já estou agilizando as coisas para mandar para ela o mais rápido possível, sabendo que esse tipo de organização é muito corrido e estressante. Uma coisa legal foi que ela pediu com educação uma autorização do uso da imagem. Bacana isso.

Chegando lá logo no portão principal dei uma olhada no Museu desta posição e vi que ficaria uma fotografia muito boa, na minha concepção, mas não tinha sacado a .50D(apelido que eu estou implantando na minha Canon .50D), dei uma bela volta por todo o parque para dar uma estudada aonde seria bacana fazer os clicks e depois montei o tripé e comecei. No total foram 6 lugares que fotografei, todas com a idéia de fazer HDR, mas essa em especial que fui fazer por último foi o mais difícil e tortuoso, por que? Porque vai chegando uma hora que o número de pessoas circulando pelo parque aumenta e como eu queria uma fotografia sem pessoas nela, tive que fica esperando toda essa área ficar sem nenhuma alma viva. Consegui? Não! Só a primeira que eu fiz tive êxito, ai fiquei esperando 30 minutos para um grupo de amigos saírem de lá, mas não saíram, então resolvi fotografar do mesmo jeito. Mas não me arrependi pois não há ninguém ali! Como isso ocorreu? Usei três programas para mesclar as exposições, só um conseguiu chegar nesse resultado, era o mais velho dentre os três e fiquei muito feliz por isso. O Photomatix 3 deu conta do recado e me salvou e fiquei surpreso com isso. Vou postando outras fotografias e mais para frente lanço mais algumas deste grande Museu.

  • Câmera: Canon 50D
  • Lentes: Canon 28-135 f/3.5
  • Configuração: Modo Manual
  • Distância Focal: 30mm
  • ISO: 100
  • Exposição: HDR 5 exposições (+2 a -2)
  • Abertura: F/11
  • Equipamento: Tripé
  • Pós-Produção: Photoshop CS4, Photomatix Pro 3, Color Efex Pro, Dfine, Lightroom 3